Consultores latino-americanos

Liliana Angulo

Liliana AnguloA artista plástica Liliana Angulo se graduou na Universidade Nacional de Bogotá, na Colômbia, tendo se especializado em escultura. Sua obra multimídia investiga, entre outros temas, a identidade racial e a identidade afro-colombiana. Trabalha também com fotografia, vídeo, instalação, som e performance. Participou de exposições na Colômbia, incluindo o 41 Salón Nacional de Artistas, o Encontro Internacional MDE07 sobre Práticas Artísticas Contemporâneas, Viagem sem mapa: representações afro na arte colombiana contemporânea e Coabitar: IX Bienal do Museu de Arte Moderna de Bogotá. Participou ainda de exposições nos Estados Unidos, no México e na França.

Sua obra integra a coleção do Banco da República da Colômbia e várias coleções particulares. No ano de 2008, foi artista convidada no Centro Nacional de Investigação Científica em Paris (Centro Nacional de Pesquisa Científica – CNRS). O periódico Cahiers du Genre, vinculado a esse centro, abordou a produção de Liliana Angulo em 2008, dedicando-se ao tema Gênero, feminismo e o valor da arte e incluindo uma de suas fotografias na capa. Liliana Angulo foi artista convidada do programa “Ocho fotógrafos” da Escola do Museu de Belas Artes de Boston. Também apresentou sua obra no Centro de Estudos Africanos e no Programa de Estudos Latino-americanos e Latinos da Universidade da Pensilvânia. Posteriormente, realizou palestras na Kansas State University e na Faculdade de Artes do Emerson College em Boston. Em 2008, esteve vinculada ao programa “Obra viva”, criado pela Área Cultural do Banco da República da Colômbia e realizado nas sucursais de Quibdo – Chocó. Neste programa, os artistas realizam projetos coletivos com diversas comunidades do país. No campo administrativo, trabalhou na elaboração de políticas relacionadas a práticas artísticas em contextos sociais e acadêmicos.

Alejandro Frigerio

Dr Alejandro FrigerioAlejandro Frigerio é doutor em Antropologia pela Universidade da Califórnia em Los Angeles. É licenciado em Sociologia pela Universidade Católica Argentina. Atualmente, atua como líder de pesquisa do CONICET (Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas) no Centro de Investigações Sociológicas da Universidade Católica Argentina e como professor do mestrado em Antropologia Social e Política da FLACSO. Foi um dos fundadores da Associação de Cientistas Sociais das Religiões no Mercosul, tendo atuado como presidente da mesma durante em 1999-2000. Foi ainda fundador e editor da revista Estudios sobre Religión por uma década (1996-2006). Organizou quatro antologias sobre novos movimentos religiosos: Nuevos Movimientos Religiosos y Ciencias Sociales; Ciencias Sociales y Religión en el Cono Sur; El Pentecostalismo en Argentina e El Estudio Científico de la Religión a Fines del Siglo XX (com M. J. Carozzi).

É autor do livro Cultura Negra en el Cono Sur (EDUCA, 2000); co-autor (com Carlos Hasenbalg) do livro Imigrantes Brasileiros na Argentina, publicado pela IUPERJ, e organizador, com Gustavo Lins Ribeiro, do livro Argentinos e Brasileiros: Encontros, Imagens e Estereótipos (Vozes, Brasil, 2002).

Pedro Mandagará

Dr Pedro MandagaráPedro Mandagará é graduado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005), mestre em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008) e doutor em Letras pela PUCRS (2012). Atualmente é professor adjunto da Universidade de Brasília e pesquisador do Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea (GELBC). É editor assistente da Revista Cerrados (UnB). Atualmente trabalha com literaturas indígenas brasileiras e com ecocrítica.